Quinta-feira, 25 de Janeiro de 2007

mulher, com todas as letras maiúsculas

« As raparigas desconfiam tanto da verdade como da mentira. Até quando a verdade ou a mentira é feia. É um problema. Fazem de nós uma ideia em que a vida, depois dos primeiros momentos, não se intromete. É claro que estão à espera de ser desiludidas – mas o facto de estarem à espera impede-as de ficarem verdadeiramente desiludidas.


(…)

Para as mulheres há sempre uma razão. Porque estão sempre a pensar. E o pensamento delas não tem limites. Nos homens a inteligência tem sempre um quê de esforço – nas mulheres é natural. Nem dão por isso. Nasceram assim. Em certos casos chegam a lamentar-se. Sabem que as prejudica. Não querem, ao contrário dos homens, ser superiores – mas são. E não há nada a fazer.

(…)

Como todos os homens, invejo a maneira como nunca se separam. São meninas e mães e mulheres e amantes e amigas sem ter que saltar, como nós temos de fazer várias vezes ao dia, de uma condição para outra.  »

Cap. 10


publicado por xary às 23:11
link do post | comentar | favorito
|
5 comentários:
De eli a 26 de Janeiro de 2007 às 00:03
gosto tanto deste excerto. ;o) ele percebe as mulheres, porquê não sei mas o que diz está certo.
em todo o livro ele diz coisas como estas, acertadas.
**


De Tribalsoul a 27 de Janeiro de 2007 às 20:05
Talvez o homem seja "ignorante" e na sua forma simplista de ver a vida não encontre os mesmos dilemas com que a mulher se depara. São perspectivas diferentes, e sim, concordo com o facto de que a mulher é um ser muito mais astuto que o homem, mas...essa mesma astúcia conspira contra a mulher, coloca uma corrente de dúvidas que por vezes a imobilizam na hora de tomar uma atitude, fomentam a insegurança, criam a incerteza. Nesse aspecto, a "ignorância" do homem acaba por ser positiva, é desinibidora e não sobrecarrega a mente de dúvidas.


De Beatriz a 31 de Janeiro de 2007 às 21:35
Aceitei o convite de vir cá meter o bedelho assumidamente!
Tendo em conta que estou "naquela" altura do mês em que me sinto "radiante" na minha condição feminina, é realmente preciso vir um homem lembrar-me o quão espectaculares são as mulheres simplesmente só por o serem!
E pronto, já vou daqui mais contente, que é o que me costuma acontecer por estas paragens, como aliás já tive ocasião de escrever noutro sítio! ;)
Obrigada a todas por me darem a ler coisas "à séria", mesmo que por interposta pessoa! =)



De maryjo a 1 de Fevereiro de 2007 às 02:08
k mais há a dizer?
só que é por isto que gosto de ser uma mulher e tenho orgulho nisso!!!!;)


De Firefly a 11 de Fevereiro de 2007 às 16:13
lindo. =) assim e que uma mulher e realmente feliz. a ver o homem render se as evidencias.

gostei especialmente da parte: "para as mulheres ha sempre uma razao. porque estao sempre a pensar"

pensamos demasiado. sobre tudo. queremos ser tudo ao mesmo tempo. =) e acho que nao podiamos ser de outra maneira *



Comentar post

.mais sobre nós.

.pesquisar

 

.a firefly lê.

.auto-biografia de bernardo soares, livro do desassossego

.a joana lê.

.nineteen eighty-four, george orwell

.a marina lê.

.never let me go, kazuo ishiguro

.a maryjo lê.

.rio das flores, miguel sousa tavares

.a eli lê.

.cultura, dietrich schwanitz

.a sancie lê.

.little men, louisa may alcott

.a xary lê.

.the portable dorothy parker, dorothy parker

.links.

.Maio 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
29
30

31


.posts recentes.

. rio libertino

. Distance

. um outro amor

. The Sea

. Em busca do carneiro selv...

. Never Let Me Go

. os retornados: um amor nu...

. ...

. duas irmãs, um rei

. The Favorite Game

.tags

. todas as tags

.arquivos.

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

.tanta gente.

SAPO Blogs

.subscrever feeds