Segunda-feira, 4 de Dezembro de 2006

e acabou...

“Above, clouds like dyed cotton wool hang low, so low I feel I can reach out and squeeze the moisture from them. The new rains will come down soon.”

e acabou....

Purple Hibiscus de Chimamanda Ngozi Adichie.

não quero falar muito sobre ele, já bastaram as quotes e contando tudo deixa de ter a sua piada.

digo só que é um livro lindo, cheio de situações que infelizmente fazem parte da nossa realidade.

uma familia severamente cristã, que educa os seus filhos de acordo com regras demasiado rigidas para simples jovens, até mesmo para qualquer pessoa. apesar da sua crença, decerteza que Ele não quer que qualquer pessoa seja tratada desta maneira.

um livro que nos abre os olhos para um mundo que não está distante.

obrigado pelos comentários persistentes de algumas pessoas ;o)

*


publicado por eli às 21:22
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|
Sexta-feira, 1 de Dezembro de 2006

"imortalidade"

“He was different from Ade Coker, from all the other people they had killed. He had seemed immortal.”

existem pessoas assim. nunca imaginamos que um dia poderão desaparecer assim do nada. pensamos que sempre vão estar ali. fazendo parte do nosso presente. futuro. sempre da mesma maneira. com os mesmos gestos. as mesmas intenções. mas a vida muda. as pessoas mudam. nós mudamos. o mundo muda. dá voltas. e nem sempre são boas voltas.

;o)


publicado por eli às 01:16
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Quinta-feira, 30 de Novembro de 2006

e agora...

“ “Maybe when we are in the university you will join me agitating for optional celibacy in the priesthood?” Amaka asked. “Or maybe fornication should be permitted all priests once in a while. Say, once a month?””

 

;o)

bela pergunta não acham???

publicado por eli às 16:45
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Quarta-feira, 29 de Novembro de 2006

mais umas palavras...

“ The stinging was raw now, even more like bites, because the metal landed on open skin on my side, my back, my legs. Kicking. Kicking. Kicking. Perhaps it was a belt now because the metal buckle seemed too heavy. … More stings. More slaps.”

“My whole body is on fire,” I said.

“It was Uncle Eugene who did that to you, okwia?” she asked.

I let go of the railings, suddenly needing to ease myself. Nobody had asked, not even the doctor at the hospital or father Benedict. I did not know what Papa had told them.Or if he had even told them anything.”

 

“ “You know that small table where we keep the family Bible, nne? Your father broke it on my belly.”

“My blood finished on that floor even before he took me to St. Agnes. My doctor said there was nothing he could do to save it.”

“I was six weeks gone." "

 

Que destino terá um homem que bate nos seus filhos como se fossem coisas e na sua mulher, mãe dos seus filhos?


publicado por eli às 19:48
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|

.mais sobre nós.

.pesquisar

 

.a firefly lê.

.auto-biografia de bernardo soares, livro do desassossego

.a joana lê.

.nineteen eighty-four, george orwell

.a marina lê.

.never let me go, kazuo ishiguro

.a maryjo lê.

.rio das flores, miguel sousa tavares

.a eli lê.

.cultura, dietrich schwanitz

.a sancie lê.

.little men, louisa may alcott

.a xary lê.

.the portable dorothy parker, dorothy parker

.links.

.Maio 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
29
30

31


.posts recentes.

. e acabou...

. "imortalidade"

. e agora...

. mais umas palavras...

.tags

. todas as tags

.arquivos.

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

.tanta gente.

blogs SAPO

.subscrever feeds